DHS distribui a postos vacinas da Pfizer e AstraZeneca nesta quarta

Objetivo é aumentar ainda mais a população totalmente imunizada, e assim, reduzir a transmissão da doença, óbitos e internações

Por Divulgação/DHS 12/01/2022 - 18:13 hs

O Departamento de Higiene e Saúde de Pompeia distribuiu nesta quarta-feira (12/1) cerca de 1.070 vacinas contra a covid-19 das fabricantes Pfizer e AstraZeneca, às 10 Unidades de Saúde do município. Estas foram destinadas com rapidez para dar seguimento à vacinação da segunda dose dos munícipes que ainda não procuraram pelas USFs e UBSs de referência, além das doses de reforço.

“Ainda precisamos melhorar os índices de cobertura de forma homogênea entre todas as faixas etárias e públicos, com segunda dose em atraso, ou nas doses de reforço”, explicou a enfermeira responsável pelo setor de epidemiologia, Adriana Fernandes Parra.

Ela destacou ainda que mesmo com o esquema vacinal completo, com duas doses de qualquer um dos imunizantes, AstraZeneca, Coronavac ou Pfizer, a resposta imune do organismo à COVID-19 diminui com o tempo, daí a necessidade de doses de reforço. “A eficácia da vacina apontada por estudos clínicos só pode ser atingida com o esquema vacinal completo, ou seja, com as duas doses. Como estamos enfrentando novas variantes, a terceira dose ou dose de reforço se faz necessária por contribuir com o esquema vacinal”, completou.

Para Adalberto Bento, superintendente do DHS, o aumento na taxa de transmissão da covid devido a nova variante, mas sem casos graves, sem internações e sem óbitos, são prova de que as vacinas de fato salvam vidas. “O DHS de Pompeia não tem medido esforços para oferecer a vacina a toda a população. Estamos atentos ao percentual de imunizados, pois sabemos que devemos continuar intensificando o nosso trabalho de convencimento da população para que busquem pela terceira dose”, acrescentou Adalberto.